.Sobre nós

A Associação Girassol Solidário é constituída por um grupo de cidadãos portugueses e cabo-verdianos, que em regime de voluntariado, dedicam tempo e amor à ajuda aos doentes evacuados de Cabo Verde.

Apoiamos cerca de 100 pessoas (entre doentes e respectivos acompanhantes). Desenvolvemos acções de carácter humanitário, social, cultural e lúdico.

A Associação foi legalmente constituída a 6 de Setembro de 2007, constando a sua publicação no Diário da República, 2ª Série de 02 de Outubro de 2007. Está registada no RNPC com o nº 508238706.
Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008

MAIS TOLERÂNCIA NO MUNDO

Desafiámos as nossas crianças para um concurso promovido pelos CTT, onde os participantes deveriam escrever uma carta com o seguinte tema:  "Explicar porque é preciso mais tolerância no mundo". Para serem admitidas a concurso as cartas deveriam, entre outros requisitos, ter entre 500 e 1000 palavras.

As reacções iniciais foram diversas… uns não mostraram interesse, outros disseram que talvez, e houve quem aderisse logo com muito entusiasmo, embora fossem raros os que sabiam exactamente o que era a tolerância.

 

Decidimos avançar e depois de uma breve explicação sobre o conceito de “tolerância”, tentámos que eles o entendessem, o reconhecessem nas situações do seu quotidiano e percebessem em que medida ele se plasma nos direitos humanos.

 

Muitas das crianças estão em tratamento, em fase pré ou pós-operatória, pelo que todas as actividades a que aderem as ajudam sempre a ultrapassar este ciclo menos bom da sua vida. Não atingiram o mínimo exigido para enviarmos os trabalhos a concurso, mas, pelo esforço que fizeram, e pela forma como participaram, merecem o nosso reconhecimento

 

Por isso aqui ficam alguns excertos, do que foi por eles interiorizado sobre a necessidade de haver mais tolerância no mundo”.

 

Para a ZENAIDA (9 anos) a tolerância passa pelo respeito em relação aos outros e pela não formulação de juízos de valor e exemplifica: se nos cruzarmos na rua com alguém que não toma banho, não nos devemos rir (há sempre um motivo que explica um comportamento diferente do “habitual”).

Para a LUIZILENE (12 anos) a tolerância passa pelo respeito em relação à Mãe Natureza,  que nos abençoa com o vento e a chuva. A tolerância também é respeito pelo outro, que professa uma religião diferente. O atraso escolar que uma doença pode provocar na vida académica duma criança, não deve ser alvo de troça, pois irá agravar a sua tristeza. Refere também que é a guerra (gerada pela intolerância) uma as causas da pobreza.

Para o ABYUD (12 anos) uma pessoa tolerante não se ri dos idosos, dos que professam outra religião, nem dos doentes; acha que um Mundo onde as pessoas fossem tolerantes havia mais felicidade e certamente não eclodiam as guerras que provocam feridos e desalojados, gerando o fosso entre países ricos e países pobres.

Para o WILLIAM (12 anos)  tolerância é amizade, respeito pelos doentes, pelas diferenças, e pela Natureza. Ser tolerante é também dizer não ao racismo. Quem é tolerante fica mais rico, pois aprecia as diferenças culturais e aprende a conhecer e apreciar, por exemplo, novas línguas e novas iguarias. Ele acha que a vida é uma escola e quer lutar por uma sociedade mais justa, onde as pessoas se ouçam em vez de se “mandarem calar umas às outras”.

Para o ZENILDO (14 anos) a tolerância não se coaduna com o racismo e conta-nos, ilustrando isso, o caso de um amigo dele, paquistanês, que na escola é chamado de “Ali Bábá”. Ele acha que a intolerância provoca o conflito e a guerra; num país em guerra as famílias vão-se desmoronando e não há hipótese de desenvolvimento.

………….

 

Depois deste primeiro desafio, acreditamos que todos se sentirão mais entusiasmados quando lhes forem propostos outros temas para debate, que proporcionam sempre partilha de experiências e interiorização de valores, fazendo deles melhores cidadãos nos caminhos que irão percorrer ao longo da vida.

Uns escrevem melhor do que outros, uns dão mais erros ortográficos do que outros, mas todos interiorizaram o conceito de tolerância e mais importante do que isso, esperamos que a sua escala de valores tenha ficado mais rica.

Educar é como disse Sócrates (o filósofo… ) ensinar a pensar; é uma acção consciente que irá possibilitar a cada indivíduo, o desenvolvimento das suas aptidões físicas e intelectuais, assim como dos sentimentos sociais, estéticos e morais, que farão dele um ser humano integral, com competências que lhe permitam agir no todo social onde se inserem

Que estas considerações sobre um Mundo Melhor nos aqueçam a alma!

Bjs com Amor

TNoronha

 

publicado por girassolsolidario às 18:07
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Paula Nicolau a 29 de Fevereiro de 2008 às 19:57
Tenho imensos sacos com novelos de lã, uma imensidão de tuparware, uma bicicleta, aspiradores e até um microondas. Estariam interessados em receber. O meu contacto é Paula Nicolau pjnicolau@hotmail.com.
De girassolsolidario a 29 de Fevereiro de 2008 às 22:05
Olá Paula,
Obrigada pela sua mensagem. Aceitamos com todo o gosto todas essas coisas, à excepção, para já, da bicicleta, pois os doentes etão em pensões e não há condições criadas para a guardar de momento.
Vou entrar em contacto consigo para combinarmos melhor a forma de ir buscar essas coisas.
Um abraço solidário.
TNoronha
De Júlia a 29 de Fevereiro de 2008 às 22:48
Tomara muita gente "grande" interiorizar o que os vossos pequenos interiorizaram, de forma tão exemplar.

Parabéns para eles todos.
De girassolsolidario a 1 de Março de 2008 às 12:23
Também achamos isso: E depois de corrigirmos os erros ortográficos com eles (também é bom que se exprimam correctamente...) ficámos com uma sensação de grande felicidade, pela certeza de termos contribuído para que eles tenham uma visão mais alargada do Mundo que os rodeia, palco esse em que são já actores, podendo e devendo contribuir construtivamente.
Bjs luminosos neste maravilhoso dia de Sol
TNoronha
De Roberta Cavalcanti a 22 de Novembro de 2009 às 17:15
Fantásticas as redações!
O que indigna é perceber em almas tão pequenas pensamentos tão grandiosos e tão formatados em uma filosofia de vida nobre.
Tenho a esperança, de que em mais lugares desse mundo, desse país, existam crianças com a mesma sensibilidade, para que no futuro a mesma edifique uma humanidade tão carente e pobre de pessoas que unem um intelecto bem desenvolvido com uma espiritualidade bem estruturada.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Novo Site da Girassol

. O NOSSO SITE JÁ ESTÁ NO A...

. DIA DA MULHER CABOVERDIAN...

. A MULHER E O SEU PAPEL SO...

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. REFORÇO BANCO ALIMENTAR

. ANIVERSÁRIO DA MÁRCIA E D...

. O CARNAVAL DAS CRIANÇAS

. PARA A GUIOMAR

. O ARRANQUE DAS OBRAS DA S...

. O APOIO DA EMBAIXADA DE C...

. O OBRIGADA DA IRENE

. UM ANJO ANÓNIMO

. AS OBRAS DA SEDE

. "TCHON DI KAUBERDI"

. AO NITO

. ALÉM FRONTEIRAS

. NOTÍCIAS DE JANEIRO

. FELIZ 2009

. QUASE NO ANO NOVO

. UMA TARDE COM OS NOSSOS A...

. FELIZ NATAL

. A NOSSA SEDE

. O NOSSO JANTAR DE NATAL

. Jantar de Natal Solidário...

. Donativos precisam-se (pr...

. FESTA DE NHA STA. CATARIN...

. JANTAR DE ANGARIAÇÃO DE F...

. GESTOS

. COLCHAS E LENÇÓIS

.arquivos

. Outubro 2015

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds